Detalhamento das Notícias
03/05/2021 - 12:14

 

Capep Saúde do Servidor e Universidade

A parceria Universidade/Instituição Pública tem o dom de inverter o paradigma acadêmico: Ensino, Pesquisa e Extensão.

CAPEP Saúde do servidor

A Universidade cumpre uma função essencial para a sociedade: de reunir, renovar, divulgar o conhecimento humano e a cultura em geral. À instituição publica – vale dizer a prestação do serviço publico - cumpre a função de dispor para todo o cidadão que recolhe impostos diretos e indiretos - através do consumo - os serviços para a sua saúde, a sua educação, a sua seguridade enfim todos os direitos sociais necessários a vida digna, livre e feliz. A parceria entre Universidade e o Serviço prestado na Instituição Pública garantem à Universidade: o cumprimento de sua função prevista na Constituição de Extensão; descobrir o que é prioritário para o bem comum da comunidade - Pesquisa e socializar o conhecimento para a comunidade em geral – Ensino. A parceria Universidade/Instituição Pública tem o dom de inverter o paradigma acadêmico: Ensino, Pesquisa e Extensão.

A Psicologia Industrial iniciou a serviço da empresa lucrativa para incluir o homem certo na função certa e assim beneficiar a produtividade. A Psicologia Organizacional a partir dos anos setenta passou se ocupar da Saúde Organizacional. Sinteticamente a frase de Simone Weil: “obter ao fim de uma jornada de trabalho produtos bem feitos e trabalhadores felizes!” A realização de diagnóstico organizacional é essencial para conhecer as condições atuais de trabalho e planejar a execução das ações que propiciam, tanto a produtividade quanto, a felicidade do trabalhador.

O estágio de Psicologia Organizacional é oportunidade sem precedentes para o estagiário de Psicologia Organizacional para conhecer o ambiente organizacional e investigar como socializar o seu conhecimento após cinco anos de Curso de Psicologia para beneficiar uma situação real e receber o retorno das equipes e rever sua experiência e aprender como agir. É nossa intenção que o trabalho das estagiárias e estagiários de Psicologia Organizacional possa reverter também para os funcionários da CAPEP. Estamos juntos neste Dia do Trabalho com firme intenção de retribuir a oportunidade especial do acolhimento recebido para realização deste estágio.

Antonio Carlos Simonian dos Santos Docente e Supervisor de Estágios de Psicologia Organizacional Curso de Psicologia UNISANTOS Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho Mestre em Psicologia Social

Para mim, enquanto estagiária de psicologia, é um privilégio fazer uma pequena participação da longa história dessa organização que preza pela saúde do servidor público por tantos anos. Em tempos como esse, em que a saúde tem sido algo tão necessário, é de extrema importância haver equipamentos que garantam o acesso e tenham a saúde como finalidade.

A atuação do Psicólogo dentro de uma organização é muito importante, pois utiliza-se de um olhar analítico para observar como o ambiente e as demandas geram impacto no modo de trabalho dos funcionários. Certamente poder experienciar isso durante a minha graduação é muito satisfatório, principalmente quando penso nas possibilidades de melhoramento que essas análises podem gerar.

Ter profissionais da Psicologia na CAPEP-Saúde seguramente é um diferencial, pois além da qualidade de vida dos funcionários, busca-se o aprimoramento e eficiência do serviço, oferecendo o que o mutuário merece: um excelente serviço de promoção de saúde. Sendo assim, tantos os funcionários quanto os mutuários são valorizados enquanto trabalhadores, por terem alguém olhando com cuidado para suas vidas.

Neste 1º de maio, eu gostaria de destacar a importância, tanto das pessoas que fazem a engrenagem desta organização girar, quanto os servidores que prestam e prestaram serviços, contribuindo para o desenvolvimento da nossa cidade.

Beatriz Brandasse Estudante do 5º ano de Psicologia da Universidade Católica de Santos

Poder realizar estágio na CAPEP-SAÚDE não só demonstra seu zelo em contribuir para a formação prática dos profissionais de saúde da Baixada Santista, mas também sua responsabilidade com a promoção da saúde do servidor público em sua integralidade. Em tempos de pandemia, reconhecer a saúde mental como um valor e direito fundamental à vida se faz necessário. Perceber isso me motivou a participar da organização e me fez sentido enquanto um lugar de aprendizado e aprimoramento profissional.

A atuação do profissional de psicologia vai se utilizar de ações preventivas e intervenções pautadas no cuidado e compromisso ético com finalidade de observar a saúde organizacional e a qualidade de vida dos trabalhadores. Dessa forma, nos cabe analisar e mediar as interações entre o ambiente profissional e os trabalhadores, construindo medidas de assistência que possam continuar a garantir a segurança e aprimorar o atendimento a todos os servidores públicos.

Caíque Gois Cardoso Estudante do 5º ano de Psicologia da Universidade Católica de Santos